Pular para o conteúdo principal

Diálogos - Marcelo Spalding #17

O Livro do Diálogos Marcelo Spalding organizou e contém inúmeros contos ao qual eu escolhi apenas 1 para falar e argumentar sobre oque achei, este é um livro com contos de Diálogos e é um trabalho muito bom, tem muitos escritores talentosos e contos incríveis que você vai se apaixonar.
ESCOLHI O CONTO “A ETERNIDADE DA ROCHA” DO ESCRITOR THOMAS OLSEN
A ETERNIDADE DA ROCHA – Thomas Olsen
Estudou Biologia e participa do curso de formação de Escritores da Metamorfose e também é aluno da professora, doutora e crítica literária Léa Masina.
A Eternidade da Rocha pode ser visto como um romance que no começo deixa a desejar e você senti tantos sentimentos que julga seu próprio gosto, eu particularmente não gosto muito de Romance mas este foi tão profundo, me senti muito próxima daquele momento.
Como todos os seres humanos todos nós já perdemos alguém e sabemos o quanto isso dói, e neste conto tem um relato de uma mulher para um homem que pode ser seu falecido esposo, ela relata como dói está saudade que a corrói todos os dias, essa espera de vê-lo novamente em um futuro não tão distante, o quanto esses dias corridos a deixam pertubada e cheia por não poder ter oque seu mais sincero desejo quer, ficar com ele para sempre sem essa distancia interminável.
E toda está dor que ela relata era como ela se sentia em cima da lapide dele, tentando não saborear aqueles sentimentos ruins e com o passar dos minutos ela percebe que precisava voltar para casa e então se despede e sai correndo até que olha para trás para enxergar ele mais uma vez e percebe não conseguir ver nada a não ser um lápide com uma eternidade naquela rocha.
NOTA DO RESENHISTA:
“Quando perdi meu melhor amigo me senti assim, o tempo aqui na terra é longo sem ele e fico com o coração partido cada vez que lembro dessas coisas que temos que suportar todos os dias, fico refém da minha própria dor a carregar.”
BOA LEITURA!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Batalha dos Mortos - Rodrigo de Oliveira #23

Rodrigo de Oliveira estreou com o grande livro "O VALE DOS MORTOS" que todos amamos e ficamos completamente surpreendidos pela tamanha qualidade e história incrível sobre APOCALIPSE ZUMBI que o Autor criou, nasceu em 1976 em São Paulo, Capital. Reside atualmente em São José dos Campos, interior de São Paulo, o nosso querido Autor é casado e tem dois filhos.
Além de ser um Escritor incrível, Rodrigo atua também como Arquiteto de Sistemas Sênior em SP e é certificado como especialista em gerenciamento de Projetos pelo Project Management Institute sediado na Filadélfia/Pensilvânia. Não só é especialista em escrita como também em outras áreas de profissão, Rodrigo é muito querido pelos fãs por ser tão educado e atencioso com todos, você irá se apaixonar não só pela obra mas também pelo ser humano que Rodrigo de Oliveira és.
No livro dois os zumbis acabam ficando em segundo plano, mas isso não significa que os zumbis não existam mais, as pessoas apenas se acustumaram com a atual …

A Era dos Mortos - Parte 1 #LANÇAMENTODOMÊS

Rodrigo de Oliveira, acabou de fazer uma postagem no Facebook dele com a seguinte foto da capa incrível do livro novo, estamos ansiosos Rodrigo nosso coração está a mil para ler este livrão, ele publicou o seguinte anunciamento:

Bom dia, chegou o grande momento! Estamos iniciando a pré-venda do livro "A Era dos Mortos - Parte 1"!

Gente surtei, vamos comprar está sendo vendido pela Amazon e Livraria Cultura vou deixar os links para vocês comprarem então segue o baile e vamos para o mundo para comprar "A Era dos Mortos - Parte 1".

LINK PARA COMPRA:
Livraria Cultura
Amazon


Segue a baixo SINOPSE:

E OS HUMANOS DESCOBREM QUE A PIOR DESGRAÇA NÃO SÃO OS ZUMBIS... Vários anos se passaram desde que Uriel, agindo como um tirano, assumiu o controle da maior colônia de sobreviventes do apocalipse zumbi na Terra. Ivan, Estela e quase todos os seus aliados estão mortos. Do grupo original, apenas Isabel, Mariana e alguns poucos conseguiram escapar de Ilhabela. E a cada dia, a fome de p…

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: EU SEMPRE FUI AZUL

Esta é a história de uma pessoa que foi forte demais, por muito tempo aguentou os socos que a vida lhe deu em silêncio, várias pessoas dizem que suicídio é sinal de fraqueza,  mas não é, pensa comigo é difícil segurar nas costas todos os problemas e ficar tentando salvar as pessoas, enquanto isso as pessoas só se afundam mais e isso te detona pessoalmente, foi assim para Paulo, o garoto de apenas 17 anos tinha que superar um problema gigantesco que acontecia frequentemente, seu pai era abusivo, e sua mãe era uma usuária de droga, trocava sexo por droga, muitas das vezes que fazia isso era quando Paulo ainda estava em casa, imagino o nojo e vergonha que ele sentia, um assunto tão delicado que eu no lugar de Paulo me sentiria um lixo e digo que ele até aguentou tempo demais, só não saberíamos que tudo iria ter outro rumo, nem mesmo Paulo imaginava. O livro fala de suicídio de uma forma realista, de uma forma que quem já passou entende, depressão é uma doença complicada, ela pode ficar …